sábado, 1 de novembro de 2008

Incondicional...


Não olhe para mim como se eu fosse uma descoberta, não trago flores nem novidades para seus olhos cansados, não me aprisione nesse elo imaginário entre nós, para sempre é tempo demais, nem tampouco tente decifrar meus sentimentos. Deixe a porta aberta, talvez necessite sair, aqui é seu lugar no qual meu caminho é só passagem. Olhe para mim, não trago novidades para você, deixe-me ser assim, seus olhos cansados já não tem noção dessa distância, livre ainda pode tentar...mas não me olhe como se eu fosse uma descoberta.

Um comentário:

kelly disse...

Ow..
Continua lindo Lui...
Venho sempre aqui